domingo, 25 de Março de 2007

a viagem de chihiro


olá pessoal!!

Ok, depois de umas semanitas afastada estou de volta. Para quem não fez
contas eu estou a fazer o meu 9º ano de escolaridade e no final do
período existem uns testes bem tramados para todos nós, por isso ao
mais esquecidos eu relembro que o meu tempo não de desdobra.
Mas
passando isso a frente vamos continuar a apresentar grandes
obras-primas, na minha modesta opinião claro. Se bem que esta é a nível
internacional uma grande obra. Nomeada e vencedora do prémio de melhor
filme de animação de 2002 e vencedor de umóscar da academia a Viagem de Chihiro (spirrited away) de Hayao Miyazaki foi um dos melhor filmes de animação dos últimos tempos.
Podendo
falar por mim, eu adoro este cineasta, simplesmente acho que quem vê os
seus filmes se consegue abstrair do mundo exterior e sonhar e ver as
coisas com ele. Seja pela profundidade e personalidade de cada
personagem seja pelas belíssimas e delicadas paisagens que nestes
aparecem. Vejam aqui um pequeno cheirinho do que é este maravilhoso
filme.





(Ok, eu tenho a consciência de que a musica nada tem haver com o clip mas é uma musica que adoro e das que melhor se integra com todos os clips que encontrei.)



Voltando ao importante, como puderam ver o desenho é de certa forma bastante
diferente dos animes em si, sendo que aqui os traço diferencia um pouco
mesmo mantendo aquelas características tão belas e únicas dos japoneses.

A viagem de Chihiro
trata de uma história muito bela e cheia de mistério. Indo buscar velas
lendas e mitos japoneses. Aqui falam-nos da história de uma pequena
família que se encontra em mudanças para uma cidade nova.Chihiro e a
sua família encontram no caminho um misterioso túnel e leva a um parque
temático abandonado. Aqui começa toda a aventura! Passado a entrada do
túnel tudo é diferente e assustador para a mimada e desinteressadaChihiro
. Ali, naquela cidade fantasma tudo muda ao anoitecer, monstros e
deuses ganham vida e habitam a tão deserta cidade. Esta terra dos
espíritos é governada porYu-Baba, uma gananciosa bruxa que controla as pessoas roubando-lhes os seus nomes, castiga os pais de Chihiro por terem comido uma refeição destinada aos deuses. Ao se ver sozinha naquele mundo Chihiro terá de renunciar ao seu verdadeiro nome e tentar salvar os seus pais que foram transformados em porcos. Nesta aventura Chihiro irá redescobrir o seu passado, crescer como pessoa e descobrir que tem uma grande força interior. Como não podia deixar de ser Chihiro
encontra muito amigos e aliados durante a sua viagem e até um amor que
a ajuda ao longo de toda a trama e pelo qual terá de lutar e proteger.
AquiChihiro irá passar por momentos muito tristes e terá de, enquanto
trabalha, salvar os seus pais, manter as suas memórias e proteger os
seus amigos.As mensagens do filme vão muito além das lições de moral baratas, e estão sutilmente implícitas na história. Há críticas ao capitalismo e ao materialismo desenfreado, problemática trabalhada principalmente na personagem de Yu-Baba, uma avarenta de mão cheia, que tranca em seu quarto todas as riquezas que tem para poder regozijar-se delas sozinha. A falta de propósitos, a necessidade de buscar um lugar na sociedade e a busca por uma identidade são problemas retratados não só em Chihiro e nas pessoas da casa de banho, mas também em Kaonashi, um dos personagens mais interessantes em A Viagem de Chihiro. Kaonashi em japonês quer dizer “sem face”, que é o nome do personagem, em português.
Não vos posso contar muito mais, afinal este filme é
de respeitar e ver! Esta acessível a qualquer um com Internet e um
bocadinho do paciência, seja no emule ou em outro programa qualquer
podem sacra a ver uma obra-prima feita por um realizador espectacular!
(já alem reparou que ñ paro de dizer isto? bom na verdade se ele não
fosse tão velhinho e eu o percebesse até casava com ele! =P). De
qualquer das formas aconselho vivamente a que encontrem a versão falada
em japonês já que mesmo que pensem que é mais difícil e confuso é sem
dúvida de maior qualidade e dá logo outro ar a tudo aquilo. (fala quem
é experiente e quem teve a sorte de poder ver em japonês e depois
adquirir o dobrado para português!). Outra coisa que tenho de dizer é
que embora tenha adorado o filme, não gostei muito do final (coisa que
vocês terão de descobrir por vocês próprios!) já que a trama não acaba
de forma totalmente feliz. Mas de todas as formas a Viagem de Chihiro é apaixonante para qualquer idade, mas gostar ou não do filme está diretamente relacionado à capacidade que cada um ainda tem de remeter-se à infância e deixar-se envolver com histórias fantásticas. Por abordar muito diretamente os maiores medos infantis (o de perder os pais, achar-se de repente em um mundo estranho, com criaturas gigantes e mal-encaradas – como as crianças estranhas do colégio novo), alguns pequeninos podem ficar bastante assustados com a história de Miyazaki.
Deixo aqui também algumas das personagens
das quais me forma mais marcantes e importantes para a trama!


Personagens



CHIHIRO OGINO
É uma garotinha de 10 anos. Como é filha única, espera que seus pais, Akio e Yuko,
sempre atendam a seus caprichos - se não for atendida, deixa bem claro
seu descontentamento. Em viagem rumo a nova casa, sua família,
acidentalmente, vai parar num mundo povoado por espíritos e deuses.
Para poder ajudar a si mesma e aos pais,Chihiro terá de superar todas as suas fraquezas, renunciar sua humanidade e até suas recordações.




HAKU
Este jovem enigmático é o braço direito da bruxa Yubaba, sempre realizando alguns serviços secretos para ela. Apesar disso, procura ajudar Chihiro, mostrando conhecê-la muito bem. Mas, de onde ele a conhece? Muitos segredos giram em torno de Haku.





UBABA
Dona da casa de banhos Aburaya, controla com mão-de-ferro todos que trabalham para ela. A única coisa importante em sua vida é o seu querido bebé, Bou.





KAMAJI
Velho espírito, responsável pelas caldeiras da casa de banhos. Possui seis
longos braços, muito úteis nas misturas de ervas para o banho dos
deuses. Apesar de reclamar da vida, tem um bom coração.



LIN
É uma garota que trabalha na casa de banhos e aparenta ser muito brava. Porém, quando conhece Chihiro, as duas acabam tornando-se grandes amigas. Lin quer realizar um sonho: juntar dinheiro e partir para o mundo além do Oceano.




Dicionario e Curiosidades mitos e lendas - Há, no Japão, uma lenda que fala sobre a existência de uma cidade para onde os espíritos e deuses iriam quando quisessem descansar de suas tarefas enfadonhas. Nesta cidade, humanos não seriam bem vindos, e, para não serem transformados em animais, precisariam provar não serem inúteis. É nesta lenda que se baseia A Viagem de Chihiro.
viagem de chihiro - Há quem diga que o filme de Miyazaki foi inspirado em Alice no País das Maravilhas, ou ainda em O Mágico de Oz, por ter como temática uma garotinha perdida em um mundo estranho. Porém, se comparado a histórias ocidentais, parece-me mais acertado compará-lo com A História Sem Fim. Assim como Bastian, Chihiro não conhece sua força interior. Num momento decisivo em sua vida, por um acaso do destino, acaba em uma situação na qual se vê obrigada a lutar por um objetivo, e assim descobre-se capaz de realizar grandes feitos e assumir responsabilidades.
P.s– peço muitas desculpas mas não encontrei o nome do filme em japonês!
Eu sei mas como não tenho certeza de estar certo não o ponho aqui, se
alguém souber agradeço que me forneça a informação!



E é tudo por hoje! Devo anunciar também que a minha próximapostagem vai ser sobre um filme mais recente de Hayao Miyazaki chamado o Castelo Andante. Boa noite! =)

Sem comentários: